Coprodutos

Lastro ferroviário

Lastro ferroviário é um componente da superestrutura da via permanente, constituindo-se em uma camada intermediária de material granular, que se situa entre o sublastro e os dormentes da estrada de ferro.

O agregado siderúrgico substitui a pedra britada nº 3, material tradicionalmente empregado como lastro ferroviário.

Principais funções:

  • Distribuir sobre a plataforma ferroviária ou sobre o sublastro os esforços resultantes das cargas dos veículos;
  • Formar um colchão com elasticidade necessária para atenuar as trepidações resultantes da passagem dos veículos;
  • Formar uma superfície uniforme e contínua para os dormentes e trilhos, preenchendo as depressões da plataforma e permitindo o perfeito nivelamento dos mesmos;
  • Impedir o deslocamento dos dormentes (vide imagem abaixo).

Vantagens do agregado siderúrgico sobre os materiais pétreos:

  • Preservação dos recursos naturais não renováveis (pedreiras);
  • Maior resistência mecânica, o que significa uma maior vida útil ao lastro ante uma mesma intensidade de carga e espessura;
  • Estrutura vesicular permitindo perfeita drenagem da água;
  • Maior peso próprio, dando maior estabilidade a plataforma e possibilidade de redução do consumo de material no dimensionamento do lastro.